quarta-feira, 8 de abril de 2015

A arte do desapego material






Ultimamente venho pensando muito sobre essa tema. Sabe quando se chega ao ponto de se sentir incomodada. Você quer arrumar as coisas, mas não dá muito certo. Falta espaço, fica tumultuado, tudo por conta de excesso de bagagem(risos).Já fiz alguns posts aqui no blog sobre organização de alguns cômodos aqui de casa, e tento seguir essa vibe de organização, de limpeza. Nas últimas semanas venho avaliando bastante  o apego, a aquisição (compra) e o desapego. Porque é tão difícil desapegar, porque é tão fácil apegar, adquirir coisas de que não precisamos. Quem de nós já não entrou numa loja e comprou porque estava liquidando e nem se perguntou realmente preciso ter essa peça? Quantas vezes compramos as coisas para suprir um vazio, uma perda, uma dor, um problema. Pois comprar nos dá sensação do poder, do bem estar, mas e depois? Além de gastar o dinheiro em vão, vamos entulhando nossa casa, nossos armários de coisas que não usamos e só ocupam espaço. Quem já  não passou pelo sentimento de estar usando sempre as mesmas peças  com frequência no nosso dia a dia. Isso ocorre também porque temos preguiça de procurar outras num armário cheio. E quando fazemos aquela arrumação encontramos roupas que gostamos que nem lembrávamos que tínhamos. Quem já não passou por isso. Um guarda roupa tumultuado que você não consegue enxergar com clareza todas as peças que tem. Semana passada fiz uma limpa especial no meu armário de roupas, pratiquei o desapego, dei o que não servia e o que servia, o não gostava e que gostava também. Sabe aquela desculpa, eu não estou usando, mas é tão bonito que dá pena. Ou então pensamos gastei maior grana nessa roupa, como vou dar? Ou ainda minha mãe/tia/marido,,,, me deu como vou dar? Gente se não tá usando não vale a pena, passei e passo por isso, muitas peças fico com dó, falo para mim mesma que vou usar, que é uma peça legal e passam meses e não uso então porque não passar a outra pessoa que vai fazer um melhor uso da roupa. Vamos doar, ajudar,  passar adiante, o universo agradece. Desapegar muitas vezes não é nada fácil, mas vamos praticando até ele se tornar um hábito constante e saudável em nossa vida. Vou passar a fazer isso com uma frequência maior para não deixar acumular nadinha e realmente pensar e repensar na hora da compra. Preciso? Será útil para mim? Vou usar bastante? O desapego serve para qualquer área da casa e até para pessoas também mas isso já é assunto para outro post.

Vamos consumir de forma consciente. A hora é essa, vamos desapegar, começe, mude,,,,,antes tarde do que nunca.


12 comentários:

  1. Oi Ana! Amo seus textos! Eu sempre estou ganhando roupas, sapatos, principalmente pra minha filha, que é magrinha e as amiguinhas são sempre maiores que ela. Eu tbm ganho e também vou dando o que não dá mais. Só tenho dificuldade de desapegar quando é algo que ganhei, acho que pelo valor sentimental, aí é mais difícil pra mim. Bjs linda!
    dicasdrishop.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só praticando mesmo, para se tornar um pouco mais fácil né bjs querida

      Excluir
  2. tai uma coisa que eu preciso praticar mais, hehe

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Ai menina, é bem difícil mesmo né... eu tento ao máximo, mas as vezes o apego me trava hehehe.

    Preciso fazer outra limpa no meu quarto e no da Julinha e desapegar de algumas coisas.

    Beijoo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Sorteios Na Web |

    | Cadastre-se no Egrana |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. temos que fazer sempre né,,,bjs cherry

      Excluir
  4. Menina, hoje eu parei na frente do meu armário lotado e pensei tudo isso que você escreveu.....como é duro desapegar!!!!!Parei de trabalhar a dois anos e tenho muita roupa daqueles tempos, que morro de pena de me desfazer. O ano passado consegui...levei tudo e vendi para um brechó, porque eram peças difíceis de serem doadas....pagaram uma micharia, mas me vi livre de tudo aquilo. Hoje tirei as que não tive coragem da outra vez....são coisas ótimas....É muito dura a arte de desapegar!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Marcia duro mesmo, mas temos que praticar sempre bjus querida

      Excluir
  5. Desapegar é bem complicado pra mim. Por isso agora só compro o que realmente vou usar. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa tática Adri,,,comprar o essencial bjs queridona

      Excluir
  6. Aninha, linda...

    Estou praticando o desapego por aqui também e sabe que tenho me sentido bem mais leve?
    Nessa hora aproveito pra reorganizar e ver onde ficará mais prático e funcional. Hehehe
    Vale e muito a pena desapegar! Hahahaa

    Sempre aprendo muito aqui no seu blog.
    Beijokas mil cheias de gratidão!!!

    ResponderExcluir